4 maneira de descobrir uma traição usando a internet



Além das tradicionais mudanças de comportamento de quem decide pular a cerca, hoje em dia é fácil descobrir uma traição. Você só precisa identificar os rastros virtuais deixados por quem trai.

Não importa se você é o traidor ou o traído. Fique por dentro de como é possível monitorar os passos que você dá na sua vida online e mantenha sob controle os bisbilhoteiros de plantão.

1) Histórico do MSN

Este já é um clássico entre investigadores e ciumentos. O Windows Live Messengerpermite gravar uma cópia de todas as conversas mantidas por meio do programa.

Se você habilitou essa função sem querer, pode estar certo de que, se rolar uma desconfiança, sua namorada (o) vai abrir esses arquivos para ver se há algo suspeito.

Para desabilitá-la, vá a Opções > Histórico e desmarque o texto “salvar o histórico da conversa automaticamente”.

historico-da-web- msn-2 msn1

Para apagar conversas salvas no PC, acesse a pasta que você configurou anteriormente para armazená-las (se esqueceu qual é, o nome aparece na mesma janela descrita no parágrafo anterior), ou acesse Documentos > Meus Arquivos Recebidos, para onde costumam ir esses arquivos.

msn-2

2) Mensagens de celular

O namorado ou a namorada foi tomar banho e lá vai a pessoa fuçar o celular alheio deixado no bolso da calça, para ver o registro de chamadas e conferir se há algo diferente entre as mensagens.

Para evitar este tipo de problema, o jeito mais fácil é apagar com regularidade seus SMSs e a lista de ligações. Mas se não quiser ser tão dramático, faça o download de um programa como o MazeLock (link para a versão Symbian), que funciona como uma tela de bloqueio e só libera o acesso ao telefone com uma senha.

Outra opção é baixar softwares como o SafeTxt (link da versão Java), que transformam esse conteúdo em mensagens cifradas. Assim, você garante privacidade total no celular.

3) Palavras “queima-filme” sugeridas pelo Google

Muitos sites de busca, especialmente o Google, utilizam dados armazenados pelo navegador de internet para sugerir palavras quando você está pesquisando algo.

Se você visitou um portal de namoro chamado “dating”, por exemplo, quando fizer uma nova pesquisa no Google que comece com a palavra “d”, pode ter certeza de que o site vai recomendar a palavra “dating” para autocompletar o texto.

Se a pessoa com quem você estiver saindo for antenada, ela desconfiará. O bom é que dá para desativar as sugestões de busca do Google baseadas no comportamento do usuário.

historico-da-web-

É só clicar no ícone de engrenagem no canto superior direito do site do Google e, em seguida, abrir a opção “Histórico da Web”. Aí, clique no texto que diz: “Desativar personalizações baseadas na atividade de pesquisa”. Repita o clique até ver que esse texto se transformou na frase: “Ativar personalizações baseadas na atividade da pesquisa”.

historico-da-web-

4) Cache do navegador

Os navegadores de internet salvam o endereço dos sites que você visita, memorizam senhas e formulários e salvam pesquisas realizadas na rede para evitar que você redigite tudo da próxima vez que usar o computador.

Impeça que alguém veja esses dados e tire conclusões precipitadas. Você pode fazer isso apagando esses dados (veja abaixo a melhor forma de fazê-lo em quatro populares navegadores) e configurando o programa usado para que não guarde nenhuma informação confidencial, por exemplo códigos secretos e números de documentos.

Internet Explorer

Ferramentas > Opções de Internet > Eliminar. Na janela que aparece, marque os dados que deseja apagar e clique em “Eliminar”. Também em “Opções de Internet”, para alterar as configurações do programa, vá ao apartado “Histórico” e clique em “Configuração”. Aí, defina a forma como você deseja que o navegador trabalhe.

Firefox

Clique em Firefox > Histórico para ver todo o histórico armazenado e apagá-lo. Para configurar o navegador, vá a Firefox > Opções > Privacidade e restrinja à sua maneira o acesso aos dados relativos ao uso do programa.

Google Chrome

Clique no símbolo “chave de fenda” que aparece do lado direito da barra de endereços do navegador. Vá a Histórico > Editar Itens e escolha entre “Remover itens selecionados” ou “Limpar todos os dados de navegação”. Para configurar o software, na mesma “chave de fenda”, clique em “Opções”. Então, é só abrir as abas “Coisas pessoais” e “Configurações Avançadas” para impedir que o Chrome se transforme num dedo-duro do que você faz na internet.

Opera

Clique no canto superior esquerdo do navegador, onde está escrito “Opera”. Então, abra o item “Histórico”, para apagar dados já registrados, ou escolha Configurações > Preferências, para definir os limites de sua privacidade.

fonte : softonic


você pode gostar também Os artigos deste autor