Arenápolis : José Zé Mauro: nova derrota na Câmara


Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

6 votos, 2 abstenções e 1 ausência; esse foi o placar da votação ocorrida na manhã desta terça-feira (10), na Câmara Municipal de Arenápolis, que analisou a solicitação de “Exceção de Suspeição e Impedimento“, enviado pelo prefeito José Mauro Figueiredo (PSD) ao presidente da Comissão Especial Processante, vereador Alzinio Campos. Na solicitação, o prefeito José Mauro alegava que os vereadores Assis José de Moura, Noêmia Maria de Souza, Galdino de Paula, José Naide Ramalho de Mello, Silas Gomes Pinheiro e Douglas Dorilêo, deveriam estar impedidos de votarem todo e qualquer processo de cassação, bem como qualquer outra deliberação que envolvesse o nome do chefe do executivo.

O presidente da Comissão Processante, Alzinio José de Campos, não compareceu a Sessão Extraordinária, e protocolou Oficio nº 005/2016, de 09 de maio, endereçada ao presidente da Câmara, Douglas Dorilêo, referente a“solicitação de cancelamento de reunião extraordinária”, argumentando o seguinte texto “Venho por meio deste solicitar de Vossa Excelência o cancelamento da reunião extraordinária designada para o dia 10/05/2016, às 09:00 horas, uma vez que compete ao Presidente da Comissão Processante a solicitação de data para realização da referida extraordinária. Tal solicitação prende-se ao fato de que o processo da CPI ainda encontra em fase de processamento, haja vista que a notificação ocorrida do excipiente não foi de forma regular”.


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.