Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Comunidade escolar de Montes Claros debate sobre projeto da ALMG

A reunião terá a presença da Comissão de Educação

Uberaba, 05 de agosto, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Nesta sexta-feira (05), se reunirão na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), a Comissão de Educação e a comunidade escolar de Montes Claros. O assunto a ser debatido será sobre o projeto Mãos Dadas, de autoria do governador Romeu Zema e instituído pela Lei 2.657.

A parlamentar da ALMG, Beatriz Cerqueira, foi a solicitante da reunião entre a comunidade escolar de Montes Claros e a Comissão de Educação. Os presentes discutirão sobre os impactos causados pela municipalização do ensino fundamental, um dos itens que constam no texto da lei. E, a ALMG já recebeu diversos debates relacionados com esse assunto.

Então, confira também essa matéria relevante do entretenimento: Bianca Andrade exibe barriga sarada e detalhe chama atenção

Parlamentar fala sobre projeto criticado pela comunidade escolar de Montes Claros

As principais críticas do projeto criado por Romeu Zema, são relacionadas com a falta de detalhes no texto, incluindo um documento transparente, com valores especificados e outras informações. Beatriz Cerqueira revela que o Estado está exigindo um percentual de matrículas no ensino fundamental, mas não atendeu a necessidade do ensino infantil.

“O Estado tem o dever do diálogo e da escuta com a comunidade escolar. Como decidir algo que terá um impacto tão grande na vida de tantas pessoas sem ouvi-las? É um custeio permanente alto, do qual os municípios não darão conta. A educação é uma política de estado, não de governo”, disse a deputada.

Além disso, veja também mais essa matéria importante em nosso site de notícias: Operação da polícia prende suspeitos de assassinar um corretor em Rio Verde estado de Goiás

Outros debates sobre o projeto Mãos Dadas

Recentemente, no início do mês de julho, as comunidades de Jequitinhonha e Mucuri questionaram sobre a municipalização estipulada pelo projeto do governo de Minas Gerais. Na ocasião, a reunião na ALMG também teve a solicitação da parlamentar Beatriz Cerqueira.

De acordo com ela, o projeto prevê um repasse de verba para a educação para os recursos técnicos e materiais. No entanto, a parlamentar afirmou que esse investimento seria em parcela única e as prefeituras de cada município ficaria responsável pelo projeto por toda a vida. Então, essa situação traria impactos para a educação. Além disso, ela ressalta que o governo estava se livrando da responsabilidade para benefício próprio.

Portanto, não saia do nosso portal sem ler essa matéria importante: Poliana Rocha, esposa de Leonardo, vira capa de revista e resultado dá o que falar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.