Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Divulgado os integrantes da CPI da Saúde de Uberlândia; veja

Os nomes foram publicados pela Câmara Municipal de Uberlândia

Uberaba, 28 de junho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Nesta segunda-feira (27), a Câmara Municipal de Uberlândia divulgou os nomes dos parlamentares que integrará a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde. Confira no Jornal Prime.

Conforme consta na portaria assinada pela vice-presidente da Câmara Municipal de Uberlândia, se um dos cinco vereadores escolhidos desistirem da Comissão ou houver impedimento, realizarão uma nova indicação com outros nomes. Além disso, o documento estipula o prazo para conclusão das ações de análise e fiscalização de todos os contratos referente a área da saúde. O mesmo será de três meses.

Então veja também: Inflação de junho na região metropolitana de Salvador é a mais alta do país
Nomes dos integrantes da CPI em Uberlândia são contestados
O nome dos parlamentares que integrará a CPI não agradou à oposição, que contestou a escolha. De acordo com informações, na reunião para definição dos integrantes, não tinha a presença da oposição. O grupo é composto por três vereadoras, e conforme relatou Amanda Godim (PDT), a Comissão instalará ilegalmente e de forma antidemocrática.
“Uma comissão de inquérito, que é instrumento parlamentar de fiscalização do Executivo, não tem legitimidade se for comandada apenas por vereadores alinhados ao Prefeito! Estou acompanhando estas movimentações e, se necessário, vou acionar a Justiça. As leis e regimentos devem ser cumpridos!”, afirmou a vereadora.
Além disso, leia mais sobre: Jovem é morto a tiros dentro de estabelecimento em Feira de Santana na Bahia
Previsão para o início dos trabalhos da Comissão
Com a publicação dos nomes dos integrantes da Comissão, a expectativa é para que os trabalhos iniciem no mês de julho. Além disso, definirão qual a função de cada vereador dentro da CPI. Conforme informações da Câmara, a reunião que definiu os nomes dos membros de composição da Comissão, aconteceu no dia 21 de junho.

Um dos principais questionamentos dos vereadores, será referente a atual gestão da saúde pública. Conforme levantamentos, a responsável por esse serviço está gastando R$250 mil mensais para se manter na cidade. Então destinaram os valores para um escritório de advocacia localizado em São Paulo e para uma empresa de tecnologia, com sede na mesma cidade. Outro ponto de questionamento da Comissão Parlamentar de Inquérito, será uma verba destinada para o combate da Covid-19. No entanto, destinaram para uma palestra que aconteceu na cidade, com um custo de R$70 mil.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Comissão da Câmara de Uberlândia discute sobre regularização de assentamento

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.