Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Leilão de trecho da BR-365 entre Uberlândia e Patrocínio já tem data definida

Governo de Minas Gerais afirmou que leilão será nesta segunda-feira (08)

Uberaba, 06 de agosto, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Nesta sexta-feira (05), um dos responsáveis pela Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais, anunciou que o governo autorizou o leilão do trecho da BR-365, entre Uberlândia e Patrocínio. O evento será na próxima segunda-feira (08), na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

O secretário revelou em entrevista para o Portal Diário de Uberlândia, que o governo pretende acrescentar 70 quilômetros entre Patrocínio e Patos de Minas. De acordo com ele, o anúncio sairá após o leilão do trecho da BR-365 já definido. Então, o governo de Minas Gerais solicitará novos estudos para a inclusão em contrato dos quilômetros citados.

Além disso, leia também a matéria: Mulher procura a polícia após receber 22 multas de trânsito; veja

Detalhes sobre o trecho da BR-365 entre Uberlândia e Patrocínio

No final de 2021, o governo de Minas Gerais publicou um edital que antecipava um leilão para mais de 1000 quilômetros das rodovias do estado. Então, só do Triângulo Mineiro seria aproximadamente 600 quilômetros, incluindo esse trecho da BR-365 entre Uberlândia e Patrocínio. Na ocasião, um dos responsáveis pela Estruturação de Projetos explicou sobre o Programa lançado pelo governo.

“O leilão dos dois lotes será a estreia do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado no mercado, cumprindo o planejamento iniciado em 2019, com apoio da Fábrica de Projetos do BNDES, que resultou na estruturação de seis lotes rodoviários”, afirmou.

Além disso, leia mais sobre: Prefeitura de Uberlândia anuncia segunda edição da Feira de Oportunidades de Emprego

Um pouco sobre o Programa de Concessões

Após o lançamento do Programa de Concessões, o Ministério Público Federal (MPF) informou que o contrato apresentava falhas e entrou com uma ação para barrar o programa do governo. Então, suspenderam o leilão que estava marcado inicialmente para o mês de março de 2022.

No mês de junho, o MPF entrou com outra ação, após o Tribunal de Justiça Regional acatar o pedido do governo e derrubar a liminar que impedia a realização do leilão. Na justificativa, o Ministério afirmou que a rodovia está com problemas estruturais e necessitaria de uma duplicação em 150 quilômetros. Além disso, informaram que o Programa prevê uma duplicação em apenas 30km e isso em um período de 30 anos. Em junho, durante outra reunião para solucionar os problemas, o secretário afirmou que era impossível trabalha dessa forma.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Dois homens são presos por envolvimento em homicídios e roubos em Mata de São João, na Bahia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.