Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Torcida do Cruzeiro cobra Pottker após caso de racismo contra Gerson

No último domingo (20), durante a partida entre Flamengo x Bahia, o volante Gerson, da equipe carioca disse que ouviu “Cala a boca, negro” do meia-atacante Índio Ramírez, do Tricolor de Aço. O caso teve grande repercussão, porém, o atacante Pottker, do Cruzeiro, não agradou parte dos torcedores cruzeirenses após compartilhar uma fala do ex-jogador Vampeta.

Em entrevista à TV Gazeta, nesta segunda-feira (21), Vampeta falou sobre um diálogo que teve com Amaral, em que disseram que o futebol está chato, por “qualquer coisinha” ser injúria racial ou racismo. O ex-jogador ainda disse que Gerson estava muito “esquentadinho” na partida.

“Esse final de semana eu estava em Sorocaba, em um evento com o Amaral, e a gente estava voltando no carro. Ele falava assim para mim: “Vampeta, está muito chato esse negócio na bola de qualquer coisinha (ser racismo)… Pô, você me chama de negão, de macaco, esses negócios assim”. Eu estava vendo o jogo, e o Gerson é meio esquentadinho com tudo. Ele joga muito, muito mesmo, merece uma oportunidade na Seleção, mas eu não vi, e sendo reprisado, para tanta… Negro, não sei o quê, no calor do jogo”, contou Vampeta.

A frase foi repostada por William Potker em seu Instagram, o jogador também marcou os perfis de Vampeta e Amaral e acrescentou aplausos, o que causou revolta dos torcedores da Raposa que cobraram uma postura enérgica do Cruzeiro, visto que o clube se pronunciou de forma contrária à atitude de Ramirez.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.