JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Caso Tabata Fabiana : População invade delegacia após morte de menina no PR

Eduardo Leonildo da Silva confessou o brutal crime



0
Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

Caso Tabata Fabiana Crespilho da Rosa : Foi preso um homem de 30 anos nesta última quarta-feira, 27, por sequestrar e matar Tabata Fabiana Crespilho da Rosa, de apenas 6 anos em Umurama, no oeste do Parará, o acusado Eduardo Leonildo da Silva confessou o brutal crime, de acordo com a família da criança o Eduardo Leonildo é um conhecido da família.

Porem um grande agravante aconteceu na delegacia onde esta o preso, moradores da cidade invadiram a mesma para protesta após a prisão do  Eduardo Leonildo, alguns manifestantes mais radicais chegaram a quebrar uma porta de vidro e depredaram carros no local, como medida de segurança o preso foi transferido para outra unidade prisional.

Tabata Fabiana estava desaparecida desde a última terça-feira, dia 26, quando foi deixado próxima à escola pelo irmão, como era de costume. As câmeras de segurança registraram Eduardo abordando Tabata e levada por ele.

Tabata Fabiana Crespilho da Rosa, 6 anos (Cadastro de Pessoas Desaparecidas/Sesp-PR/Reprodução)
Tabata Fabiana Crespilho da Rosa, 6 anos (Cadastro de Pessoas Desaparecidas/Sesp-PR/Reprodução)