JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Coletiva de Imprensa : Robert Oliveira confessa ter matado Alanna Ludmilla Borges, assista

Alanna Ludmila, de 10 anos, desapareceu na última quarta-feira, 1º, após a mãe sair para uma entrevista de emprego. Dois dias se passaram até a polícia encontrar a menina morta, no quintal da própria casa. Alanna apresentava sinais de violência sexual e asfixia.

No início da tarde deste sábado, 4, o ex-companheiro de sua mãe, Robert Serejo Oliveira, foi capturado pela polícia ao tentar fugir de São Luís. Ele confessou ter estuprado e assassinado a pequena Alanna. Ele foi condenado a 31 anos e cumpre pena em isolamento no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.