JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Em busca da verdadeira sabedoria



Os Provérbios e as parábolas são antigas formas de ensino e transferência de conhecimento. Boa parte da sabedoria popular se passou de geração em geração através desses métodos. É por isso que resolvi expor alguns provérbios de Salomão que mais me falam ao coração.

“Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem, as palavras da prudência. Para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo e a eqüidade; Para dar aos simples, prudência, e aos moços, conhecimento e bom siso; O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos; Para entender os provérbios e sua interpretação; as palavras dos sábios e as suas proposições. O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.”
(Pv 1: 2-7)

É Segundo a própria explicação de Salomão e de acordo com a certeza que tenho de que os provérbios abaixo serão bênçãos para quem os ler e se dedicar a neles andar, que eu venho aqui dedicar meu tempo nesta exposição. Deus nos abençoe nesta busca por paz e sabedoria para vivermos a vida pela fé.

“Se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.”
(Pv 2:4-5)

Muitos querem prata e tesouros, mas somente os exploradores os alcançam! É necessário sair do ambiente de conforto, de conversinha fiada, da acomodação e meter a cara na vida. A vida é a maior escola para aprendermos a sabedoria de Deus e é explorando-a que obteremos o conhecimento. Estudar te da noções teóricas mas meter a mão na massa te dá noção real de como as coisas são!

“Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento. Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade, Para que guardem as veredas do juízo. Ele preservará o caminho dos seus santos. Então entenderás a justiça, o juízo, a eqüidade e todas as boas veredas. Pois quando a sabedoria entrar no teu coração, e o conhecimento for agradável à tua alma, O bom siso te guardará e a inteligência te conservará; Para te afastar do mau caminho, e do homem que fala coisas perversas;”
(Pv 2: 6-12)

Não adianta apenas meter a cara na vida e buscar a sabedoria, é necessário saber como fazer isso. Todos os tesouros da sabedoria pertencem a Deus e ele reserva isso para os retos. Os que encaram a vida com amor, fé e esperança tem na sua sinceridade o seu escudo. Nesta sinceridade é que exploraremos a vida e Deus mesmo nos guardará e entenderemos o que é justiça, bondade, misericórdia e todos os bons caminhos do amor percorreremos com a alegria de Deus em nossos corações.

“Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal.”
(Pv 3: 5-7)

Nos caminhos da vida muitas coisas fogem do nosso controle e nem mesmo entendemos os eventos que acontecem ao nosso redor, mas antes que surtemos na perplexidade devemos confiar no Senhor e não nos deixarmos levar pelo que estamos vendo ou pelo que achamos que entendemos, pois pode haver muita coisa encoberta ainda e por isso o melhor é deixar Deus endireitar os caminhos tortos ao invés de darmos uma de sabe-tudo e acabarmos trocando os pés pelas mãos. Deus está no controle SEMPRE, apenas siga fiel a ele!

“Filho meu, não rejeites a correção do SENHOR, nem te enojes da sua repreensão. Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.”
(Pv 3: 11-12)

Na busca pela sabedoria muitas vezes erramos embora nosso desejo seja acertar e obter paz, mas problema maior do que o erro é a indisciplina diante de Deus. Se nossa busca por paz é verdadeira, a cada erro nós iremos aceitar a correção de Deus, pois ele nos ama e corrigir erros faz parte do caminho dos que ousam andar com Deus pela fé. Confie nele, não entendemos os motivos da repreensão as vezes, mas ela é fruto do amor do pai por nós! Receba e aprenda, para nunca mais ter que levar as mesmas broncas de Deus!

“Não deixes de fazer o bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. Não digas ao teu próximo: Vai, e volta amanhã que te darei, se já tens contigo o que ele quer. Não maquines o mal contra o teu próximo, pois habita contigo confiadamente. Não contendas com alguém sem causa, se não te fez nenhum mal. Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos. Porque o perverso é abominável ao SENHOR, mas com os sinceros ele tem intimidade.”
(Pv 3: 27-32)

Mesmo em meio as surpresas da vida e diante das repreensões de Deus não deixe de fazer o certo! Não é porque estamos sendo injustiçados, atacados, feridos, corrigidos ou provados, que iremos esquecer do Bem que devemos fazer. Com a mesma velocidade que esperamos que Deus nos ajude devemos ajudar as pessoas. Não desconte nos outros as suas infelicidades ou frustrações. Quando estiver nervoso se cale, mas não desconte em terceiros nem ache que a vida dos ímpios, injustos, corruptos e safados é mais fácil que a sua! Eles terão o justo pagamento de Deus um dia, mas nós andaremos em sinceridade diante de Deus, pois somente serão íntimos de Deus os que andam em sinceridade em todas as situações da vida.

“Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo. Pois não dormem, se não fizerem mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar. Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência. Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam. Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados! Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal. “
(PV 4:14-27)

Se você busca a paz e a sabedoria mergulhando de cabeça na vida com Deus, você deverá andar em retidão e em sinceridade, nunca escondendo nada de Deus pois é impossível, nem de si mesmo pois é auto-engano. Nesta busca por sentido para a vida e paz para a alma você irá errar algumas vezes ou se deparar com situações ruins e estressantes, mas mantenha-se calmo e confiante, pois Deus esta no controle e tudo cooperará pro teu bem.

Se você busca mesmo, um significado maior e divino para sua existência, você irá aceitar a correção de Deus! Serás a cada dia mais humilde e notará que quanto mais aprende menos sabe das coisas. Nesta jornada de erros, acertos e correções você só encontrará o que busca se não desviar seus olhos das necessidades do próximo. Exercitando sua fé em amor e mantendo a esperança em Deus, você prosseguirá fazendo o bem enquanto vai se descobrindo em Deus e recebendo dele ainda mais bênçãos. Amar a Deus sem amar o próximo é loucura mentirosa!

Se você realmente deseja desvendar o caminho da paz e a vereda da justiça, você nunca poderá abrir mão da sinceridade e pureza do coração. Não inveje os maus nem se meta nos caminhos deles! Evite todo caminho mal e fuja da aparência do mal! Embora nós não sejamos perfeitos, o caminho dos santos vai se iluminando um pouco mais a cada dia, até ser um dia perfeito. Não se deixe levar por nada, apenas creia em Deus e busque viver a vida conforme o amor dele, pois somente assim achareis descanso para vossa alma e paz para o coração.

Eu finalizo esta breve leitura dos 4 primeiros capítulos dos provérbios de Salomão ressaltando a necessidade de guardarmos o nosso coração. Nossos sonhos, planos, desejos, objetivos, e todas as fontes da vida brotam do nosso coração portanto não o endureça para que sempre possais ouvir a repreensão e conselho de Deus e não o amoleça demais para não se deixar levar por qualquer vontade que lhe dê na telha ou carne. Reflita sempre sobre teus caminhos e pondere diante de Deus para que nunca se desvie dele em nada.

Ame a Deus, ame ao próximo, ame a vida, ame a criação e tudo o que vier a fazer seja por amor….
Pois sem amor nada se aproveita pra nada… nem mesmo a sabedoria, afinal sem amor até a sabedoria vira lixo e toda letra mata!

Em breve postarei mais alguns provérbios (menores) para meditarmos um pouco mais e nos aperfeiçoarmos na caminhada, pois nestes dias de releitura de provérbios eu notei que muita coisa que tenho me lamentando poderiam nem ter acontecido caso eu vigiasse em guardar seus ensinos e sabedoria.

Fiquem com Deus, aquele que nos ensina que sabedoria mesmo é ama-lo e andar no seu temor com toda a sinceridade do coração.

fonte (http://ventosopra.blogspot.com.br/)