JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Ex-Governador Silval Barbosa não sairá da cadeia tão cedo.

Em seu parecer, a promotora Ana Cristina Bardusco considera a prisão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) ainda necessária, pois “estão presentes os requisitos do periculum libertatis”. A promotora disse que “não há dúvidas que a organização tem o propósito e pode efetivamente usar de violência contra seus desafetos ou contra quem represente ameaça a seus membros e interesse”. A defesa entrou com mais um habeas corpus tentando revogar a prisão do ex-governador. O pedido foi ingressado, na semana passada, durante a audiência de instrução e julgamento realizada na sede da 7ª Vara Criminal de Cuiabá. A juíza Selma Arruda ainda não decidiu sobre o caso. No dia 17 deste mês, Silval Barbosa completará um ano preso no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC). Ele é acusado de chefiar um esquema de corrupção instalado durante sua gestão. Durante a audiência, o próprio Silval confirmou ter tomado conhecimento de quadrilhas agindo no governo do Estado. Todavia, negou integrar ou chefiar estas quadrilhas.

– See more at: http://www.sonoticias.com.br/noticia/politica/mpe-e-contra-pedido-de-liberdade-de-silval-barbosa#sthash.vUTivWvA.dpuf