JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Golpe no WhatsApp usa “vale-presente da Boticário”, saiba como funciona

Conheça o novo golpe no WhatsApp conhecido como "vale-presente da Boticário" que fez mais de 400 mil vítimas


0
Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

UTILIDADE PÚBLICA : Mais um entre tantos golpes que circula no WhatsApp já fez mais de 400 mil vítimas, o processo do golpe sempre é o mesmo, por exemplo usando marcas famosas para conseguir vantagens, dessa vez os bandidos foram ousados e escolherão a Boticário como isca para ludibriar e enganar as vítimas.

O objetivo desde novo golpe aplicado através do WhatsApp tem como foco principal a instalação de malware para tentar roubar informações, exemplo, senhas de cartão de créditos, dados de redes sociais, e informações privilegiada a qual possa chantagear as vítimas futuramente.

Porem esse golpe não conseguiu instalar o vírus em todos celulares dos usuários, as informações são da empresa de segurança digital Psafe. A Boticário por sua vez se manisfestou alertando que as mensagem enviadas através do aplicativo WhastApp é falsa e estará tomando as medidas necessárias contra os responsáveis.

Como funciona o golpe conhecido como  “vale-presente da Boticário” ?

(Reprodução)
(Reprodução)

O golpe oferece um cupom no valor de R$150 para compras na rede O Boticário. Quando a pessoa clica no link malicioso, é solicitado que responda a três perguntas para ganhar o suposto desconto (“Você fez compras na O Boticário no ano passado?”; “Você já usou o site do Boticário antes?” e “Você recomendaria O Boticário a um amigo ou membro da família?”). Independentemente das respostas fornecidas, a vítima é encaminhada a uma página que solicita o cadastro em serviços de SMS pago.

O falso site imita o original, fazendo com que a pessoa se sinta seguir e a vítima acaba sendo obrigada a pagar por mensagens recebidas por SMS sem saber.