Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Jovem em Várgea Grande é estuprada por homem que conheceu em rede social

Jovem de 19 anos moradora de Várgea Grande, região de metropolitana de Cuiabá, é estrupada após marca encontro por uma rede social

Últimas notícias : Essa é um de muitos casos semelhantes que ocorrem não só no Brasil mas no mundo todo. Uma garota de apenas 19 anos de idade foi mantida em cárcere privado por quase 20 horas e estrupada por um homem, o qual  conheceu em uma rede social.

O caso aconteceu em Várgea Grande, região de metropolitana de Cuiabá, a tragédia só deu inicio após a jovem concorda em encontrar com um rapaz de 25 anos, a jovem conheceu o rapaz em um rede social, Facebook.

O caso começa a ficar mais macabro quando a polícia descobriu que a mãe do suspeito, de 49 anos, o teria ajudo em toda tragédia, a mesma foi presa acusada de cúmplice do filho, ela o teria ajudado a fugir segundo conta a PM. Toda essa barbaridade ocorreu nesse mês de novembro na quinta-feira (23). A jovem por sua vez foi resgatada na sexta-feira (24), ela estava no Bairro Jardim Panorama.

(Reprodução) Jovem em Várgea Grande é estuprada por homem que conheceu em rede social
(Reprodução) Jovem em Várgea Grande é estuprada por homem que conheceu em rede social

Até o fechamento dessa matéria, não é possível dizer que o suspeito tenha sido encontrado pela polícia e preso, mas se sabe que o mesmo possuem passagem pela polícia por furto, e responde a um processo na 3ª Vara Criminal de Várgea Grande, alem de atua no tráfico de drogas.

De acordo com o relato da vítima a mãe do suspeito teria “participação” no estrupo já que foi a mãe dele que a levou a jovem para o quarto e saiu entrando o filho o qual ameaçou matá-la se ela recursa-se a ter relações sexuais.

Retificando que a vítima relatou à PM, que o suspeito teria agido com o consentimento da mãe, rasgando as roupas íntimas e a estuprando e a vítima em seguida, o suspeito deixou marcas de violência após o ato sexual.

Por fim a mãe do suspeito em um ato de crueldade segurou a jovem para que a mesma não viesse a pedir por socorro a uma viatura que passava pelo bairro.

 Por : Gisele Duarte