Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Caso Deyvid Cossul : PM detém suspeitos de envolvimento com a morte comerciante em Nova Mutum

 

A Policia Militar conseguiu prender na manhã desta terça-feira, 15, três suspeitos que supostamente estariam envolvidos com a morte do empresário Deyvid Cossul de 22 anos, morto nesta segunda-feira, 14, após um assalto ao mercado de propriedade de sua família localizado na rua dos mamoeiros, bairro Arara Azul.

O Comandante do 26º batalhão de policia militar, Major Claudio Fernando, disse a reportagem do Site Mutum Noticias que desde que o crime ocorreu que os policias iniciaram o trabalho de busca aos acusados, “recebemos informações das características e colocamos todo efetivo nas ruas. Também é importante destacar que o comandante regional Tenente Coronel Cunha nos deu total respaldo para prendermos esses indivíduos”, explica.

VEJA TAMBÉM : Dono do sbt de Nova Mutum, Ed Motta recua da candidatura a deputado estadual

Os suspeitos presos estavam sendo monitorados pelo serviço de inteligência e foram presos por volta das 09h da manhã desta terça-feira, 15. “todos eles foram encaminhados para a delegacia e nosso serviço de inteligência continua buscando mais elementos e vendo se existem mais pessoas envolvidas com esse crime”, aponta.

VEJA TAMBÉM : Nova Mutum : veja o vídeo de tentativa de homicidio na PROAB

Major Fernando disse que o caso é revoltante e grave, ele espera que a partir de agora a policia civil faça um bom trabalho de investigação e apresente os suspeitos a justiça, “nossa parte quanto policia está sendo feita, esperamos e queremos confiar que o judiciário e o ministério público faça sua parte, pois não podemos ficar reféns desses criminosos”, desabafou.

VEJA TAMBÉM : Descubra porque os aluguel de casa em Nova Mutum e tão caro

A ação de investigação da Policia Militar foi acompanha do pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal, criado recentemente para dar respaldo as ações da policiais militar e civil bem como o Corpo de Bombeiros. o GGI-M é formado por membros da sociedade civil organizada.

A delegada Angelina de Andrade deve ouvir os suspeitos ainda hoje. O caso chocou a população de Nova Mutum.

fonte (mutumnoticias.com.br)