Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Diretor confirma acordo com empresa para tentar sanar a dívida do Corinthians

O Corinthians se transformou nos últimos anos em um dos clubes mais devedores no Brasil. O clube paulista tinha uma dívida baixa alguns anos atrás, porém, ela mais que dobrou. Hoje, o Alvinegro deve quase R$ 1 bilhão. Os erros dos últimos dirigentes empurram o Corinthians para o buraco, porém, a atual gestão vem tentando mudar as coisas. A dívida do Corinthians é o principal foto da atual gestão.

Wesley Melo, diretor financeiro do Corinthians, participou de uma live no canal da Gaviões da Fiel. O dirigente surpreendeu e destacou que o clube está bem próximo de acertar a um acordo com a KPMG, empresa que é especialista em auditoria na dívida do Corinthians.

Dívida do Corinthians 

Está vindo para anos ajudar com essa dívida de mais de R$ 900 milhões, com esse pepino de R$ 900 milhões. Vai nos ajudar de caixa projetado, separar quais meses tem saldo negativo, saldo positivo. Claro que temos isso, mas a KPMG é uma empresa que está acostumada a fazer. Não é uma auditoria, é uma inspeção. A gente precisa, de fato, reduzir essa dívida, alongar, dar um fôlego, e ser honesto com cada um desses credores, explicar qual é a situação. A gente quer honrar isso”, disse.

O dirigente corintiano também informou que o Corinthians está perto de fechar um acordo com uma empresa de compliance. Dessa vez, o dirigente optou por não informar qual é a empresa que está negociando com o clube.

Já tem uma empresa definida, está bem encaminhado, O Herói Vicente (diretor jurídico) e seu pessoal fizeram uma seleção, gostei muito do que vi, o Adriano (irmão de Duilio), que é o secretário geral, gostou muito também. A gente está muito entusiasmado”, disse.

O Corinthians anunciou na última semana que a dívida do clube tinha chegado a R$ 956 milhões. O clube simplesmente não cuidou das finanças e contratou jogadores a rodo, mesmo sem precisar usá-los.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.