Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Esse escapou das vaias : Neymar sai "ileso" do vexame do Brasil na Copa do Mundo

Principal jogador da seleção brasileira nos últimos quatro anos, Neymar sai de sua primeira Copa do Mundo com uma vértebra fraturada mas, por incrível que pareça, fortalecido, em meio a um grupo que vai carregar eternamente o peso das derrotas para Alemanha e Holanda nos dois últimos jogos. Calejado por ter recebido a missão de carregar a seleção brasileira no Mundial e com o sonho interrompido por uma joelhada nas costas, o craque está ainda mais maduro.

– O Neymar tem apenas 22 anos, mas já tem a experiência de quem tem 35 – disse Felipão em diversos momentos da Copa do Mundo de 2014.

O técnico tem razão. Dentro e fora de campo, o camisa 10 deu inúmeras demonstrações de sua experiência. Se lá atrás, em 2010, quando houve um clamor popular para que Dunga o convocasse, ele ainda era apenas um garoto com potencial, hoje Neymar é, sem dúvida, o neymar_brasil-jeffersonbernardes-vip4melhor jogador brasileiro em atividade.

O atacante larga nesse novo ciclo para a Copa do Mundo de 2018, mais uma vez, como a principal esperança do hexa. Só o tempo vai responder se até lá Neymar vai ter mais alguém ao seu lado para dividir essa responsabilidade na mesma intensidade.

– Ainda não tem como pensar daqui a quatro anos. Dessa vez (2014), fizemos de tudo para conseguir. Tivemos a oportunidade de marcar positivamente o nosso nome na história. Não deu. Não fizemos uma campanha boa. Demonstramos um futebol regular. Não mostramos futebol de seleção brasileira, que encanta – falou Neymar, em coletiva antes da derrota para a Holanda na disputa de terceiro lugar, em Brasília.

A maturidade de Neymar na sua última coletiva pela Seleção, ainda na Granja Comary, contrastou com o discurso adotado pela comissão técnica e pela maioria dos jogadores, que atribuíram a derrota vexatória por 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal, a uma “pane de seis minutos”.

– Eu não tenho vergonha de dizer que fiz parte da equipe que levou de 7 a 1 da Alemanha  – disse o atacante, muito embora estivesse fora por conta da contusão.

Neymar foi o grande destaque brasileiro na Copa do Mundo até se lesionar (Foto: Getty Images)

neymar_get

Nos cinco jogos que fez nesta Copa do Mundo, Neymar se destacou. Decidiu, com dois gols, a vitória sobre a Croácia. Foi o jogador mais agudo no empate com o México. Fez mais dois na goleada sobre Camarões. Bateu pênalti decisivo nas oitavas contra o Chile e, infelizmente, saiu machucado contra a Colômbia.

– O que peço é ser feliz novamente e voltar a jogar. Voltar a dar alegrias ao povo. Voltar a dar alegria aos meus torcedores, às crianças. O meu sonho não acabou, continua… – almeja o craque da seleção brasileira, que com a camisa do Brasil tem 54 jogos e 35 gols, suficiente para colocá-lo como o artilheiro do século.

E até a Copa de 2018 Neymar terá um desafio inédito em sua carreira. Não serão apenas amistosos e competições como Copa América e Copa das Confederações, caso o Brasil esteja na disputa. Desta vez, para chegar à próxima Copa do Mundo, a Seleção terá de passar pelas eliminatórias.

fonte (g1.globo.com)