Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Golpe para clonar celular ? 21*0211581172839# ou (11) 9965.0000, saiba a verdade

Um novo golpe por telefone vem sendo aplicado no Rio. Além do disque-extorsão, no qual bandidos simulam seqüestros, as pessoas devem ficar atentas a telefonemas em que supostos funcionários de empresas de telefonia ligam a cobrar e pedem para que determinados números sejam teclados em seu aparelho, como informa reportagem de Ronaldo Braga publicada nesta terça-feira pelo jornal O Globo (acesso à íntegra somente para assinantes). Segundo técnicos, essas pessoas são criminosas que usam um sistema para criar uma extensão do telefone. Assim, passam a ouvir as ligações feitas por aquele número. Um morador da Zona Sul foi recentemente vítima desse golpe.

Golpe para clonar celular ? 21*0211581172839# ou (11) 9965.0000, saiba a verdade
Golpe para clonar celular ? 21*0211581172839# ou (11) 9965.0000, saiba a verdadeGolpe para clonar celular ? 21*0211581172839# ou (11) 9965.0000, saiba a verdade

A pessoa, que ligou a cobrar, se identificou como funcionário da Telefônica, informando que o telefone estava com linha cruzada e que ia consertar. Em seguida, insistiu que o morador discasse 21*0211581172839#. O morador não discou e telefonou para o 190, quando o policial explicou que era uma ligação de uma facção criminosa, de uma penitenciária do Rio, e que o número, se acionado, permitiria fazer uma espécie de extensão de seu telefone. Com isto, os criminosos poderiam ouvir tudo o que a pessoa falava e, se fosse o caso, começar a extorsão. A Secretaria de Segurança recebeu várias denúncias do novo golpe.

A empresa Telefônica explicou nesta segunda que não liga para nenhum cliente a cobrar, e que suas linhas são de telefones fixos de São Paulo, e não do Rio de Janeiro. A empresa Oi informou que não liga a cobrar, nem solicita informações pessoais, como senhas, aos seus clientes. Segundo o Disque Denúncia, as pessoas não devem atender também ao número do celular (11) 9965.0000, já que várias pessoas reclamaram que seus telefones foram clonados após atender o número.

A empresa Vivo explicou que orienta que os usuários para que não forneçam dados pessoais (números de documentos, endereço) sem ter a certeza da procedência da solicitação e da utilização dessas informações.

Fonte :extra.globo