Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Rurye Perossi Youssef, é morta a tiros na madrugada de sábado 17

Ainda sem uma linha de investigação delimitada, a Polícia Civil de Sinop, (500 km de Cuiabá), busca reunir elementos que apontem suspeitos pela morte da estudante Rurye Perossi Youssef, de 16 anos. Ela foi assassinada a tiros na madrugada de sábado, 17, enquanto com um grupo de amigos na porta de uma casa. Para o delegado responsável pelo caso, Carlos Eduardo Muniz, ainda é cedo para descartar qualquer hipótese.

Ele contou que familiares e pessoas próximas ainda serão ouvidas e que os investigadores buscam por informações que ajudem no esclarecimento do caso. “Ainda não há nada que possamos dizer com relação à suspeitas ou ao recebimento de ameaças  anteriores ao crime. É muito cedo. Estamos investigando”, afirmou.

Ele explica ainda que o bairro Recanto Suíço, onde o assassinato foi registrado é novo na cidade, não dispondo ainda de iluminação. Por esse motivo, não há nenhum registro de câmeras de segurança em estabelecimentos ou residências da região que possam ser usados nas análises dos policiais.

De acordo com informações da Polícia, a garota estava conversando com um grupo de quando três homens pararam num carro branco, um Gol, e efetuaram vários disparos. Ela foi atingida por dois tiros no pescoço e não resistiu aos ferimentos. Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) chegou a ser acionada, mas ao chegar ao local constatou o óbito da jovem.

Equipes da Polícia Militar foram acionadas, mas nenhum suspeito do crime foi encontrado. O homicídio deverá ser investigado pelo delegado Carlos Eduardo Muniz, da Delegacia Municipal.rurye-perossi-youssef