Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Tudo o que você precisa saber sobre 4 tipos de piriguete

É considerada piriguetetoda aquela que disponibiliza facilmente o corpo para uso fruto alheio, que gosta de chamar atenção, se exibir, usar roupas sumárias que ficam pequenas até na Barbie, é incapaz de sentir vergonha ou frio e é desprovida de pudores. Tambem são conhecidas como: Vadias, vagabundas, assanhadas, biscates, maçanetas, cachorras, safadas, etc.

As piriguetes são classificadas em 5 laias categorias. Neste post vamos desvendar todos seus segredos.

Morfologicamente
Adjetivo e substantivo feminino Piriguete, também denominada Piri, é uma gíria brasileira que designa uma mulher, jovem, de acesso fácil (put’s) e/ou que tem múltiplos parceiros e tem uma preocupação excessiva em exibir os nuances do seu corpo (put’s). Geralmente anda em grupos com outras moças que compartilhem os mesmos valores (valores? Mas, heim?). O termo teve origem em Salvador, a capital do axé, da pegação… mas se espalhou pelo resto do Brasil em forma de músicas de pagode e funk. 

Etmologicamente
O prefixo “piri” tem origem da palavra perigosa, fazendo alusão ao perigo que elas representam para os homens comprometidos que caem em tentação e terminam traindo suas respectivas parceiras (Oi?). 

Cientificamente
O termo Piriguete é a designação comum às espécies encontradas em abundância no ecossistema de uma faculdade, (mais comum nas particulares), e micaretas. Da família das Bundys Empinadus. Possuem hábitos crepusculares e noturnos, voz estridente devido à estrutura e vibrações das cordas vocais, alimentam-se de rapazotes inexperientes, bombadinhos e similares incautos e abonados. Em determinadas regiões, algumas espécies também são chamadas de Put’s. 

Hoje começam as aulas, e com elas, um tsunami de piriguetes novas. Garotinhas que, como diz a Cá, acham que a faculdade é uma eterna balada.Aquele tipo que quando você está numa conversa bem legal com um amigo, com assuntos pertinentes, ela passa desfilando com aquelas camisetinhas tamanho seis, toda recortada nas costas, de bunda empinada e salto altíssimo. (Não que nós falemos sempre de assuntos sérios e pertinentes, falamos muitas, mas muitas coisas que não prestam, mas elas têm o dom de aparecer só nas horas dos assuntos sérios.)Para classificá-las e identificá-las de longe, nós e alguns amigos da faculdade estipulamos níveis:

Piriguete nível 1É aquela aprendiz, que está se iniciando na periguetagem. Tem cara de menininha, usa um piercing no umbigo que parece um pêndulo, faz sucesso entre os garotinhos, mas tem receio do que vão pensar dela. Vai pro bar e toma uma vodka com um suco qualquer, ou um daqueles drinks baratos que tem cores exóticas.Piriguete nível 2

Sempre anda acompanhada por uma outra piriguete ou aprendiz. Suas camisetinhas tamanho seis são resquícios das micaretas que frequenta. Gostam de usar os cabelos bem longos – de chapinha, claro -, gloss exagerado na boca e calça ultra-apertada por dentro da psy-bota. Vai pro bar, e aposta na jurupinga.

Piriguete nível 3

Essa não sente frio. Usa uma jaqueta toda fofinha, quentinha, com pelinhos no gorro, porém o comprimento não passa do umbigo (para deixar o piercing-pêndulo à mostra). Já é conhecida pela rapaziada, tem mais de 700 amigos no orkut, e seu perfume é tão doce que chegamos a pensar que há alguma bomboniere por perto. Suas frases de efeito são tiradas das letras das músicas de pagode melódico-corno, ou do Asa de Águia (ou qualquer uma dessas de micareta – sou praieiro… etc etc). E sempre, sempre está mascando um chiclete ou com um pirulito (de coração) na boca, talvez para insinuar a única coisa que sabe fazer com a boca, já que falar não é um de seus fortes. Na balada, pede uma sakerinha de morango com muito gelo, e fica insinuando ”algumas coisas” com o canudinho.

Piriguete nível 4

É a piriguete desinibida e conhecida por todos, (pela maioria, no pior sentido). Fotos no espelho é regra básica. E tem que mostrar o corpo e seus atributos, afinal que graça teria tirar foto só de rosto, né?! Poses acrobáticas, biquinhos, cara de gata no cio, aquele sinal de “paz e amor” deitado – que não tem significado nenhum – e por ai vai. Na balada, faz o ”esquenta” no estacionamento com whisky e vodka, já entra torta no local.

Piriguete nível 5

É a piriguete mais vivida. Já sabe e viveu tudo que é barbaridade em termos de periguetagem e é odiada pelas aprendizes (afinal, ela faz mais sucesso e é popular). Gostam de contar sobre as vezes que ficou “hiiiper bêbada” e ficou com cinco caras na mesma noite ou do beijo triplo que deu com as amigas (são todas sem preconceitos). Adora praia, porém não coloca os pés na areia se não estiver devidamente trajada – e isso inclui maquiagem, pulseiras barulhentas, maxi bag e óculos D&G, Gucci ou supérfluos equivalentes. Os nomes de suas amigas resumem-se em: Pri, Mi, Gi, Gabizinha, Bianquinha e etc. As camisetinhas tamanhos seis estão cada vez mais curtas e as usam também para trabalhar e estudar fazendo um match perfeito com seus tênis Nike Shox 12 molas. Na balada, consome tudo o que oferecerem, mas prefere aquelas bebidas flamejantes.

fonte : acidezm