Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

VEJA O VÍDEO : Edir macedo diz se a favor do aborto

Um vídeo do bispo Edir Macedo, está circulando nas redes sociais e gerando grandes polêmicas entre evangélicos e não evangélicos, pois nele o líder religioso, fala sobre o planejamento familiar e dá respaldo ao aborto que para muitas religiões é considerado como pecado inclusive tem sido um assunto encarado com muita seriedade pela Igreja Católica.

Nesse vídeo, o bispo que é líder maior da Igreja Universal do Reino de Deus, começa falando sobre o planejamento familiar, e diz ser favorável ao aborto e que essa é sua opinião, não que queira contrariar a Igreja Católica, mais é seu pensamento.

Em seu sermão ele disse que essa opinião tem como objetivo levar as pessoas a uma vida de melhor qualidade, com menos violência, menos mortalidade infantil, menos doença e menos mal de uma forma geral.

Ele insistiu dizendo que é a favor e que não tem medo de estar pecando. “Se eu estiver pecando é de forma consciente do que estou fazendo, issa opinião é uma questão de inteligência e não de fé”, concluiu.

Ele afirmou diz, que em Nova York (EUA) após ser criada uma Lei a favor do aborto, a criminalidade diminuiu significativamente porque deixou de crescer criança revoltada que ele considera uma arma contra a sociedade.  “A minha mãe teve 33 filhos, abortou 16, e sobraram 17 depois 10 deles morreram e nem por isso ela deixou de estar com Deus”, disse o bispo.

“E preferível abortar do que ter a criança saudável, criando problema pra si, mendigando, comendo o pão que o diabo amassou e sendo nocivo a sociedade, se alguém não aceita paciência, esse é meu pensamento, se as pessoas não aceitam eu creio nisso e vou em frente”.

Diante dessa opinião, que contradiz a palavra de Deus, gostaria que vocês caro internauta, desse também sua opinião, sobre essas declarações do líder religioso.

VALE RESSALTAR QUE ESTE VÍDEO É ANTIGO, E JÁ NÃO REFLETE MAS NA OPINIÃO DO BISPO.