JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Mc Biel pode ter perdido contrato com gravadora, diz R7.com


Em abril de 2015, MC Biel assinou contrato com uma das maiores empresas fonográficas do mundo, a Warner Music.

Veio embalado pelo sucesso na internet, e com a promessa de ser o representante masculino do funk “gourmetizado”, mais pop do nunca, na Warner. Na gravadora, ganhou selo de “promessa”, e entrou na mesma estante de recentes sucessos do gênero como Anitta e Ludmilla. As duas são da mesma gravadora.

Contratado, Biel ganhou banho de loja, videoclipe de ponta, assessoria, divulgação pra valer. Emplacou mais músicas no rádio, fez peregrinação por programas de TV.

Agora, o cantor de 21 anos pode perder tudo isso. Segundo fontes da gravadora, com todas essas denúncias envolvendo Biel, o contrato dele pode ser rescindido. Advogados estudam o caso.

Um grupo de jovens articulado na internet já entregou uma abaixo-assinado para Warner Music pedindo essa ruptura de contrato com Biel.

No pedido, postado na web, o grupo diz que não acredita que uma empresa tão séria e competente vá manter qualquer tipo de vínculo com um “artista” que se mostra um ‘PÉSSIMO’ exemplo para a geração dele.

“Nós, jovens e principalmente mulheres, não podemos mais tolerar e nos calarmos diante de situações lamentáveis como essas. Você, Warner, como uma gravadora séria e conhecida, não pode manter contrato com um péssimo exemplo como o Biel. . Não sou incrível em minha escrita, mas LUTO contra qualquer tipo de violência contra a mulher”, diz o protesto.

Reconhecida por sua política global de defesa aos Direitos Humanos no mundo, a Warner chegou a contratar um especialista em crises de imagem para ajudar Biel a sair da confusão em que se meteu com um jornalista. A jovem o denúnciou por assédio e injúria.

Ele chegou a pedir desculpas publicamente. Depois, fez um funk tirando onda com a situação.

Procurada, a Warner não se manifestou sobre o assunto até então.

Nesta semana, internautas que vasculharam as redes de Biel antes da fama, divulgaram postagens preconceituosas e racistas do jovem no web. Biel ainda ofendeu uma porção de apresentadores e artistas. Se queimou para valer com anônimos e famosos.

Eles não pode pisar em programas de TV. Ninguém o quer por perto. Contratos publicitários foram rompidos, e os shows devem minguar.

Nem o apoio de seus fã-clubes o cantor tem mais. Desta vez, as ‘bielzetes’ estão mais quietinhas. Não há nada para argumentar diante desses fatos.

E agora Biel?

Fonte : http://entretenimento.r7.com/blogs/keila-jimenez/2016/08/03/gravadora-pode-romper-contrato-com-biel/