Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

ALMG verifica segurança da comunidade escolar de Brumadinho

Pais e alunos estão preocupados com a barragem na região

Uberaba, 02 de julho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Os pais e alunos residentes no Distrito Piedade do Paraopeba, localizado em Brumadinho, relataram sua preocupação com a barragem existente na região. Após as reclamações, comissão da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) fará uma visita no local, para verificar a segurança da comunidade escolar.

A visita no distrito de Brumadinho está marcada para segunda-feira (04), quando verificarão como está a segurança do local. A reunião realizada na ALMG recebeu o relato dos pais de alunos que estudam na Escola Municipal Padre Xisto. Esta fica localizada próxima da barragem de Santa Bárbara, parte da empresa Vallourec.

Então veja também: Inflação de junho na região metropolitana de Salvador é a mais alta do país
Beatriz Cerqueira justifica a visita na cidade de Brumadinho
A deputada Beatriz Cerqueira, que faz parte da Comissão de Educação e autora de requerer a visita em Brumadinho, justificou seu pedido na reunião. De acordo com ela, os moradores denunciaram implantação de projetos da empresa, sem que possua licença ambiental para isso.

Em fevereiro, esse assunto foi debatido em uma audiência realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Na ocasião, os convidados discutiram sobre esse projeto que a Vallourec está realizando. E a determinação era que eles estavam descumprindo a Lei 23.291/2019, que proíbe obras na barragem se não possuírem a licença ambiental.

Além disso, leia mais sobre: América-MG faz resultado contra o Botafogo e encaminha para a classificação na Copa do Brasil

De acordo com os dados, mais de 400 pessoas residem na área de autossalvamento, localizada na Piedade do Paraopeba. Além disso, a preocupação dos pais chegou no ponto de eles recusarem encaminhar seus filhos para a escola, com receio de que aconteça o pior. No entanto, ainda consideram a barragem como estável.
Relembre sobre a tragédia em Brumadinho
No início de 2019, houve um rompimento de uma barragem da Vale Mineradora, localizada na cidade de Brumadinho. Este rompimento causou um mar de lama, que invadiu a vegetação, casas e ceifou a vida de muitas pessoas e animais.

De acordo com informações na época, a barragem estava inativa e nenhuma sirene de alerta foi emitida, pegando moradores da região de surpresa. Um mês após o acontecimento, em busca intensa do Corpo de Bombeiros, definiram que a confirmação era de 110 mortes, a maioria sem identificação. Além disso, havia mais de 200 desaparecidos.

Portanto, leia também sobre: Prefeitura de Belo Horizonte está impedida de retirar objetos de moradores de rua

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.