Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Preço do combustível cai em Goiânia; veja

A alteração já é vista nos postos de combustíveis

Goiânia, 28 de junho, por Ellen Vaz do Jornal Prime – Postos de Goiânia já começaram a receber combustível com alteração de preço após os descontos federais anunciados pelo governador do estado, Ronaldo Caiado. Saiba mais detalhes sobre esse caso no Jornal Prime.

Fique por dentro das informações através do site Jornal Prime. Além disso, deixe seu comentário no final da matéria. Continue lendo para descobrir mais detalhes sobre a alteração dos valores dos combustíveis na cidade de Goiânia.

Além disso, leia também a matéria disponível no site Jornal Prime: Mulher procura a polícia após receber 22 multas de trânsito; veja
Combustível teve queda de preço em Goiânia
Após anuncio do Governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, o preço dos combustíveis teve queda em Goiânia. O valor da gasolina que estava próximo a R$ 8, já pode ser encontrado por R$ 6,69 em alguns locais. Esse valor é referente aos descontos na parcela do imposto federal. Além disso, esse valor pode diminuir mais ainda, vai depender dos estoques das distribuidoras. O governo continua em negociação para que o corte do preço dos combustíveis aconteça ainda mais rápido.

Contudo, confira também a matéria disponível no site Jornal Prime: Modelo de Anápolis é a representante de Goiás no Miss Universo Brasil
O valor do combustível em outras partes do país
De acordo com o setor de revenda dos combustíveis, estados como Espirito Santo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro começaram a receber gasolina com o preço mais baixo. Isso aconteceu após o governo zerar as alíquotas do PIS e Cide, que resultavam em um valor de R$ 0,69 a mais no preço do combustível.
“As distribuidoras, de uma forma geral, começaram a repassar gradualmente aos postos as alíquotas zeradas nos tributos federais”, disse, o representante do comércio varejista de combustíveis no Paraná.
Além disso, o ministro de Minas e Energias, Adolfo Sachsida, afirmou durante audiência na Câmara dos deputados que entrou em contato com empresas responsáveis para buscar uma solução rápida. Segundo ele, a negociação é para conseguir comprar combustível de forma consignada das distribuidoras e refinarias. Dessa forma, as notas fiscais só seriam emitidas após a redução dos impostos. Contudo, todo o estoque das empresas já entrariam com o desconto. Porem, caso essa alternativa não dê certa, o repasse pode levar um prazo de 10 a 15 dias.

Por fim, acompanhe também a matéria disponível no site Jornal Prime: 7 anos da morte do cantor: pai de Cristiano Araújo quer lançar álbum póstumo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.