Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Reunião na Câmara de Uberlândia define presidente da CPI da Saúde

O escolhido para a função foi o vereador Abatenio Marquez

Uberaba, 30 de junho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Em reunião realizada nesta quarta-feira (29) na Câmara Municipal de Uberlândia, ficou definido o nome do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O escolhido foi o recém-empossado Abatenio Marquez, este tem a missão de analisar possíveis indícios de irregularidades em tudo relacionado com a gestão da saúde municipal.

Além da escolha do nome para presidir a CPI, outras questões foram temas de debate na Câmara de Uberlândia. Uma delas é relacionada com a participação de dois vereadores na comissão, o parlamentar Murilo Ferreira afirma que eles eram ligados politicamente com algumas organizações. De acordo com ele, Neemias e Thais estão impedidos de participar da CPI.

Então veja também: Inflação de junho na região metropolitana de Salvador é a mais alta do país
Vereadores de Uberlândia, Neemias e Thais, falam sobre a acusação do parlamentar
O vereador Neemias afirma que a acusação de Murilo não procede, pois ele não tem relação com nenhuma organização citada. Além disso, ele revela que a escolha foi devido a sua experiência na análise de contratos técnico e essa é sua função como vereador. Thais informou que já atuou na área de Assistência Social, no entanto não será um empecilho para a tomada de suas decisões no que refere a CPI da Saúde.
“As minhas ocupações anteriores no terceiro setor foram através de processo seletivo (CLT) e nunca ocupei cargo de diretoria em nenhuma instituição. Vamos aguardar o parecer da Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal de Uberlândia sobre esta situação”, disse a vereadora.
Além disso, leia mais sobre: Jovem é morto a tiros dentro de estabelecimento em Feira de Santana na Bahia
Questionamentos do vereador Abatenio Marquez e um pouco da sua história
O parlamentar escolhido para presidir a CPI aproveitou a reunião para questionar alguns pontos da abertura da comissão. Segundo ele, a solicitação é para análises das contas de 2022, relacionadas com a gestão da saúde municipal. No entanto, Abatenio afirma que na justificativa do documento, relacionaram contas de 2021.

Então, o presidente repassou os questionamentos para a procuradoria da Câmara e aguardará a resposta. O próximo encontro para tratar assuntos da comissão, está previsto para o dia 15 de julho. O vereador cursou Direito pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e era o primeiro suplente do seu partido, até assumir o lugar de Ivan Nunes, nomeado para secretário de um dos órgãos municipais.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Comissão da Câmara de Uberlândia discute sobre regularização de assentamento

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.