Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Uberlândia divulga índice de negativados

Quase a metade da população da cidade está com o nome negativado

Uberaba, 4 de setembro, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Em um mapa montado pelo Serasa de Uberlândia, o índice mediu a quantidade de pessoas negativadas na cidade. Então, de acordo com os dados levantados, quase a metade da população está com o nome negativado. Além disso, as dívidas com cartão de crédito lidera o ranking de inadimplência.

Nos números divulgados pelo Serasa, por volta de 26% das dívidas são com instituições financeiras e cartões de crédito. Entretanto, esse é o maior número de negativados em Uberlândia nos últimos três anos. Os dados é referente aos sete primeiros seis meses de 2022, registrando por volta de 308 mil endividados no município.

Então, veja mais essa notícia em nosso Portal: Petrobras intensifica anúncios de corte nos combustíveis às vésperas da eleição

Endividada de Uberlândia fala sobre a situação

Uma das moradoras de Uberlândia, Beatriz, relatou que os últimos meses foram de sufoco. No entanto, ela conseguiu quitar suas dívidas antes que o nome fosse negativado no Serasa. Para cumprir com as obrigações prioritárias, a mulher deixou de lado o cartão de crédito e focou nas pendências mais urgentes.

“O que eu recebia não era compatível com o que eu precisava pagar. Eu tinha que deixar de lado algumas contas para poder conseguir pagar outras, daí eu ficava com essas pendências. Era um malabarismo financeiro mesmo. Precisava pagar aluguel, condomínio, água e energia. Era complicado”, contou Beatriz.

Além disso, leia mais sobre: Prefeitura Municipal de Uberaba assina Carta de Intenções para o Projeto Geoparque Uberaba

A moradora de Uberlândia contou que o limite do seu cartão de crédito é maior que o seu salário. Dessa forma, se precisar usar algum recurso de imediato, ela usa o valor disponível. Esse foi um dos motivos da alta dívida que ela adquiriu. Portanto, a mulher revela que agora sua situação está sob controle.

Outro relato sobre dívidas

Em outro relato, uma estudante residente em Uberlândia, Kamila, afirmou que é difícil manter o nome limpo no atual cenário. De acordo com ela, trabalha em dois empregos para cumprir com as obrigações, entretanto, é impossível não se endividar.

Situação de Minas Gerais

A situação geral de Minas Gerais segue o mesmo ritmo de Uberlândia. Em pesquisa do IBGE, apenas no primeiro semestre, o estado registrou por volta de 6,4 milhões de pessoas endividadas. O montante das dívidas é próximo de R$25 milhões.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Comissão da Câmara de Uberlândia discute sobre regularização de assentamento

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.