JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Perseguição : Ministério Público vai investigar venda de espaço na TV para igrejas



0 19
Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

O Ministério Público Federal anunciou que vai investigar a prática de algumas emissoras de rádio e TV que estão arrendando horários a terceiros. No lugar de programação própria (informativa, cultural ou de entretenimento) elas vendem parte da grade horária para igrejas ou empresas de televenda. O procurador regional da República Domingos Silveira, que participou da audiência pública que discutiu o assunto na Câmara dos Deputados, disse que a fiscalização do Ministério das Comunicação é falha e defendeu uma investigação abrangente sobre a prática.

Para Alberto Dines, apresentador do Obervatório da Imprensa, esse alguel “contraria frontalmente a Constituição em dois pontos”. “TV aberta é concessão pública, não pode ser transferida. Além disso, o Estado brasileiro é laico, não pode associar-se a qualquer confissão religiosa e o horário da TV aberta é um bem público que não pode ser alugado”.