JornalPRIME
Notícias & Entretenimento

Pregador itinerante pode cobrar para pregar ?

Infelizmente muitos pregadores itinerantes fizeram da palavra seu comercio, porem fazer exigências financeiras para pregar é pecado.



0
Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

A reposta é não!, todo qualquer pregador pode receber oferta, como descreve a bíblia, mas esse não pode fazer exigências financeiras, a não ser o valor do deslocamento, preço de passagem, e, se for o caso, estadia e alimentação. (Leia Também : Cantores gospel podem fazer exigências financeiras para louvar dentro de uma Igreja?)

Na verdade esses detalhes ficam a cargo de quem o convidou, se uma pessoa convida outram é ético que esta mesma arque com tais custos.

Antes de aprofundarmos no assunto ‘valor’, vale a pena definir o que é um pregador itinerante.

itinerante
adjetivo e substantivo de dois gêneros
  • 1.
    que ou aquele que transita, que se desloca, que viaja.
    “família i.”
  • 2.
    adjetivo de dois gêneros
    que se desloca de lugar em lugar no exercício de uma função (aplica-se a pessoa, a instituição pública ou privada, a uma atividade de grupo).

Em outras palavras, pregadores itinerantes são aqueles que ficam viajando ou se deslocando de um lugar para outro, levando a palavra de Deus, sabemos que esses deslocamento gera custo e quem deve pagar por eles é quem convidou.

(Reprodução/Internet) Pregador itinerante pode cobrar para pregar ? - Cobrar para pregar, Pregador itinerante, Levita,
(Reprodução/Internet) Pregador itinerante pode cobrar para pregar ?

A grande questão aqui, é o fato que muitos desses pregadores fazem da palavra o seu grande negócio, com agendas super lotadas e cobrando de 5 a 15 mil por ministração.

A palavra diz que ‘Todo trabalhador é digno do seu salário‘, porém, este versículo se ajusta com maior facilidade aos pastores que prestam um árduo serviço para a Igreja, já o pregador itinerante não tem compromisso e as responsabilidade que um pastor tem. O mesmo chega em uma determinada Igreja prega a palavra e dali vai para uma outra cidade ministrar.

Vale ressaltar que esses pregadores podem receber a oferta e devem viver delas se for o caso, fazendo das ofertas o seu salário. confira as principais dúvidas comuns desse caso delicado.

Deus age na ministração daquele que cobrou para ministrar a palavra?

Sim, claro que sim! Deus tem compromisso com a palavra, não é porque um certo pregador exigiu 10 mil para pregar a palavra que Deus não irar agir no culto.

Um pregador cobrou 2 mil para pregar a palavra de Deus, 5 pessoas aceitaram  Cristo, no grande dia esse pregador receberá o galardão por essas 5 almas?

Não. Pois o galardão desse pregador já foi pago ainda quando estava vivo, esse galardão é o preço estipulado por ele para ministrar a palavra de Deus no caso os 2 mil cobrados.
É pecado cobrar para pregar?

É claro, de graça recebeste de graça dai. Não se pode cobrar aquilo que recebeu de graça.

Eu negociei um valor X para pregar com um pastor da Igreja, estou certo?

Não. A palavra de Deus não pode ser negociada.

Quero trazer um pregador de fora para minha Igreja, o que devo fazer?

Entre em contato com esse pregador, se atente à valores de passagens, alimentação e estadias, e diga, se for o caso, o quanto poderá ofertar para esse pregador, a oferta deve ser digna, feito isso, cabe o pregador avaliar se está disposto a assumir o compromisso e fazer a tal viajem.