Russomanno defende internet ilimitada e propõe audiência pública


Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

[ad_1]

 

“Limitar os planos de internet fixa seria uma prática abusiva, absolutamente inadmissível, e causaria um impacto severo em toda população brasileira”, argumentou o deputado Russomanno ao solicitar audiência pública para discutir o Projeto de Lei n º 7.182/17, do Senado Federal, que proíbe limites aos planos de banda larga fixa. O pedido do deputado foi aprovado, por unanimidade, na Comissão de Defesa do Consumidor (CDC), da Câmara dos Deputados.

O republicano reforçou que este deveria ser o momento de buscar fomento para promover o acesso de todos a conteúdos online, como meio de inclusão social.  “Acessar à internet é praticar a cidadania. Precisamos reforçar essa necessidade e esse direito”, disse. Russomanno argumentou ainda que as pessoas de renda mais baixa são justamente as que procuram pelos estabelecimentos que oferecem wi-fi gratuito.

Saiba Mais

Há menos de um ano o deputado Celso Russomanno foi coautor de outro requerimento de audiência pública na CDC sobre o assunto. Na ocasião, ele destacou que os pacotes de internet para celular têm durado cada vez menos e que a velocidade ofertada na internet fixa nunca é de fato atingida.

De acordo com o deputado republicano, há restrições inclusive nos pacotes de banda larga mais caros. “Não existe fiscalização. O uso da telefonia fixa está declinando por conta do alto preço e da oferta de serviços gratuitos pela internet, como a voz sobre IP (serviços de ligação pela internet)”, exemplificou.

Texto: Fernanda Cunha (Ascom Liderança do PRB)
Foto: Douglas Gomes

[ad_2]

Fonte : Link | JornalPRIME


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.