Skatista investigado por fraude e estelionato foi preso e liberado


Baixe o aplicativo do JornalPRIME É GRÁTIS.

A família do skatista Zacarias Gondim, de 20 anos, declarou ao G1 que não sabia da campanha fraudulenta criada pelo jovem. O tio do rapaz, o cantor Gregório Castelo Branco, de 37 anos, disse ter sido também enganado pelo sobrinho. Segundo ele, Zacarias chegou a arrecadar R$ 15 mil. O dinheiro foi doado por pessoas que ajudaram na campanha em que o skatista afirmava ter leucemia e precisar de dinheiro para tratamento em São Paulo. O rapaz é investigado por fraude e estelionato, foi preso e liberado após prestar depoimento.

Skatista investigado por fraude e estelionato foi preso
e liberado (Foto: Catarina Costa / G1)

“Não recebi dinheiro em mãos, tudo era depositado na conta dele. Eu fiquei decepcionado quando soube pela televisão do que meu sobrinho fez, foi alguém que eu ajudei a criar. Não sei como olhar para as pessoas conhecidas, vizinhos e amigos, que eu pedi ajuda. Para mim a verdade deve sempre vir. Foi o maior susto da minha vida”, declarou Gregório.

O tio contou que chegou a pedir dinheiro aos amigos próximos para ajudar na campanha e custear o tratamento do sobrinho. Ele disse que acreditou em Zacarias por ser leigo em assuntos médicos e que se convenceu quando o sobrinho apresentou os exames. A polícia afirmou que os documentos foram falsificados pelo jovem.

“Sempre que ele ia ao hospital, voltava com mais dores de cabeça, dizendo que tinha tomado morfina. Mostrava até as receitas com os remédios que tinha tomado. Ele chegou a desmaiar algumas vezes, então o que eu podia fazer? Era acreditar”, declarou.

Segundo ele, o jovem chegou a arrecadar R$ 15 mil, valor disponível no extrato da conta bancária do jovem e ao qual o G1 teve acesso. A polícia informou que parte do dinheiro, pouco mais de R$ 4.900, foi encontrada na casa do jovem neste sábado (21).

À imprensa, Zacarias declarou que o dinheiro será devolvido a todos que doaram. “As pessoas que doaram o dinheiro não precisam se preocupar, pois elas receberão a quantia de volta. Eu mesmo entrarei em contato com elas”, declarou.

No Facebook, Zacarias fez campanha em que declarava ter leucemia (Foto: Divulgação/Facebook)

Entenda o caso
Zacarias Gondim Lins iniciou na semana passada uma campanha na internet pedindo apoio dos amigos para o custeio de um tratamento contra leucemia. O skatista gravou um vídeo falando sobre a descoberta da doença e o pedido repercutiu nas redes sociais.

“Perdi a minha mãe há um ano e uma das influências de eu ter tido um câncer foi esse. Eu estou aqui hoje para pedir ajuda. Como o meu quadro é agudo, a médica pediu para eu tratar a minha doença em São Paulo porque aqui no Piauí não se faz transplante de medula óssea. A minha médica disse que eu não tenho condições de receber as quimios (quimioterapias). Eu preciso ir para lá urgente”, disse o skatista em vídeo nas redes sociais.

Para a Polícia, há indícios de que o exame usado pelo atleta seja falso. O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) informou que o laudo apresentado pelo skatista não é autêntico.

fonte : G1.globo.com


Comentários

Loading...