Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Flamengo vence Palmeiras nos pênaltis e é bicampeão da Supercopa

Flamengo vence o Palmeiras e é bicampeão da Supercopa do Brasil

A partida entre Flamengo e Palmeiras teve de tudo, e não dá para reclamar de jogo parado ou pouco movimentado, não faltou emoção. O Palmeiras abriu o placar com um golaço de Raphael Veiga logo aos 2 minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro aviso de que esse jogo seria brigado do início ao fim, e assim foi.

A partida foi extremamente disputada, Flamengo e Palmeiras dividiram oportunidades perdidas logo depois do gol palmeirense, porém o estilo alviverde era mais de se segurar e tentar puxar contra ataques, enquanto o Flamengo tinha mais a posse de bola e controle do meio de campo.

Esse controle fez com que o Flamengo ganhasse mais campo, minuto a minuto, e isso pesou. Em boa infiltração e drible curto de Filipe Luís, o lateral chutou na trave, e Gabigol, como centroavante que é, estava no lugar certo e na hora certa para empurrar pro gol, 1 a 1.

O Flamengo seguiu com maior domínio de meio do campo, porém ironicamente foi justamente nos minutos que o Palmeiras mais pressionou durante o primeiro tempo, que o Flamengo encontrou o segundo gol. Um golaço de Arrascaeta, cortando para o meio e chutando no contrapé de Weverton. E assim terminou o primeiro tempo.

O segundo tempo começa com duas mudanças do Palmeiras no meio de campo, na dupla de volantes mais exatamente. E essas mudanças fizeram o verdão crescer muito fisicamente dizendo no jogo. Se antes era o Flamengo que tinha maior controle de meio de campo, foi o Palmeiras que tomou essa condição no segundo.

Porém, ainda sim, muito pela qualidade técnica, o Flamengo chegou algumas vezes e viu Weverton fazer dois milagres. Mas antes, o Palmeiras colecionou gols perdidos de cabeça.

Com tantas chances perdidas e equilíbrio não poderia ser diferente, o jogo foi para os pênaltis.

E lá as emoções não pararam. O Palmeiras abriu uma vantagem de dois gols, mas perdeu os dois pênaltis seguintes que definiriam o título, com Luan e Danilo. Nos alternados as equipes foram novamente “empatando”, apenas no nono pênalti o placar foi definido quando Mayke perdeu e Rodrigo Caio fez.

A nota triste ficou na briga dos jogadores no vestiário. Mas nada disso apagou a grande partida.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.