Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Bitcoin registra forte queda após projeto dos EUA

Hoje dia (17) de novembro, vamos entender mais sobre o projeto de lei, que esta apravorando muitos investidores. Ela pode ir contra a criptomoeda bitcoin. Então o Jornal Prime trás os principais detalhes.

Projeto de lei de infraestrutura dos Estados Unidos foi assinado na segunda-feira pelo presidente Joe Biden. A lei possui uma brecha no texto que pode prejudicar mineradores de bitcoin no país e causa temor no mercado de criptomoedas mundial. Como consequência, os ativos registraram uma forte queda nesta terça-feira, em especial o bitcoin.

O bitcoin atingiu sua um preço máximo na semana anterior, de US$ 69 mil. Na segunda-feira valia cerca de US$ 66 mil. No entanto, na terça-feira registrou queda de mais de 9%, e ficou abaixo dos US$ 60 mil, pela primeira vez no mês de novembro. A moeda havia se estabilizado acima dessa faixa de preço.

Bitcoin registra forte queda após projeto dos EUA
Créditos de imagem unsplash

Lei aprovada nos Estados Unidos

A principal justificativa para a queda forte registrada, é a lei aprovada recentemente. Esse projeto prevê a declaração de impostos sobre as moedas digitais. Além de obrigar os “brokers” (corretores) a revelar a identidade de seus clientes. As empresas e bolsas de moedas também deverão declarar negociações acima de US$ 10 mil a partir da aprovação da lei.

Portanto esse cenário causa temor no mercado de bitcoin dos Estados Unidos. Mas, em especial aos mineradores dessas moedas e desenvolvedores de carteiras digitais. Esse temor é derivado de uma brecha presente no texto da lei. O texto deixa em aberto a definição certa de corretor e fica a critério da justiça norte-americana julgar quais entidades seriam consideradas “brokers”(corretores). Dessa forma, essa brecha pode afetar os mineradores, que estariam sujeitos à taxação. 

Outros fatores

Além disso, o governo chinês proibiu a mineração de criptomoedas no país, em setembro deste ano. Dessa forma, minerar e negociar ativos digitais está proibido na China, sob afirmação que a mineração requer muitos recursos naturais. O governo do país também está apostando em seu próprio ativo digital, o yuan. Assim, essa seria a principal causa da recente proibição.

Bitcoin registra forte queda após projeto dos EUA
Créditos de imagem unsplash

Criptomoedas e Bitcoin

O bitcoin exerce um grande controle no valor de criptomoedas alternativas do mercado. Dessa forma, como de costume, a queda do bitcoin influenciou na cotação de outras moedas. Todas as 50 moedas mais valiosas do mercado registraram algum nível de queda na terça-feira, a maioria bastante expressiva.

Então a segunda maior moeda digital do mercado, o ethereum, que havia atingido sua máxima histórica na última semana, registrou uma queda de 10%. Nesse sentido, o ativo agora vale US$ 4.235. Além disso, moedas muito promissoras no mercado, como a Binance Coin, a Solana, a XRP e o Cardano, também sofreram um recuo, que varia entre 8% e 10%.

Criptomoedas será fim delas? Veja oque aconteceu

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.