Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Acordo cria unidade de conservação em Uberaba; confira

A unidade terá uma área com mais de 1 milhão de metros quadrados

Uberaba, 26 de junho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Em um acordo, realizado entre o Ministério de Minas Gerais e Ministério Público Federal, com a participação das empresas Vale Fertilizante e Mosaic Fertilizantes, foi criado uma unidade de conservação em Uberaba.

A unidade em Uberaba será maior do que 1 milhão de metros quadrados. O acordo é referente a medida de restabelecimento da Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), criada em 2014. As novas adequações é uma forma dessas empresas compensarem os danos e riscos ambientais. Além disso, será uma compensação ecológica.

Então veja também: Sudoeste baiano celebra a retomada da economia junto aos festejos de São João
Ministério Público Federal fala sobre os danos causados pelas empresas em Uberaba
De acordo com o Ministério Público Federal, entre os danos causados pelas empresas, estão contaminação das águas subterrâneas e superficiais nas áreas que estão instaladas e do solo. Essa contaminação é referente a produção do ácido fosfórico.

As empresas envolvidas no acordo tiveram dificuldade na aquisição das terras para a instalação da unidade de conservação. Então, de acordo com Thales Messias Pires Cardoso, o procurador da República, a dificuldade é pelo número de produtores rurais que estavam interessados na área.

Além disso, leia mais sobre: Prefeitura Municipal de Uberaba assina Carta de Intenções para o Projeto Geoparque Uberaba
“Diante dessa situação, foram celebrados dois aditivos ao acordo original, que reduziram as áreas das RPPN, e, com o valor de avaliação dos hectares suprimidos, destinaram tais recursos para a implementação de novas medidas, que se revelaram igualmente importantes do ponto de vista da compensação ambiental”, informou ele.
A Vale Fertilizantes não respondeu sobre o acordo e a Mosaic informou sua opinião através de uma nota para o Portal G1. A empresa afirma que a Reserva Particular de Patrimônio Natural Fazenda Limeira, que construirá em Uberaba, terá um total de 171 hectares de vegetação preservada. Além disso, comemoraram que o acordo trará inúmeros benefícios para a cidade.
Outros pontos do acordo
O acordo não terá somente a criação da reserva na Fazenda Limeira, mas também uma área na Capoeira do Boi. A previsão é que esta área ultrapasse 1,15 milhões de metros quadrados. Além disso, destinarão aproximadamente R$750 mil para implantação do herbário em Uberaba.

Haverá a construção de um Centro de Triagem de Animais Silvestres, que segundo consta no acordo, o investimento destinado será de R$2 milhões.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Comissão da Câmara de Uberlândia discute sobre regularização de assentamento

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.