Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Transporte coletivo de Uberlândia é alvo de reclamações

Usuários registraram diversas críticas contra o serviço

Uberaba, 12 de agosto, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Usuários do transporte coletivo de Uberlândia continuam registrando reclamações contra o serviço prestado. As principais críticas são relacionadas com a superlotação dos veículos e a manutenção ruim. De acordo com as informações, os problemas começaram na pandemia do Covid-19 e permanecem até o momento.

Segundo informado pelo Portal Diário de Uberlândia, as reclamações iniciaram no mês de abril com os atrasos dos ônibus e o tumulto na porta dos veículos. De acordo com os entrevistados na época, as pessoas não conseguiam chegar pontualmente no trabalho ou escola, pois eram vários usuários esperando para entrar no ônibus.

Então, veja também: Mototaxista é morto a tiros por assaltantes de posto de combustível durante fuga na Bahia

Reclamações dos usuários do transporte coletivo de Uberlândia

Recentemente, durante uma viagem, um dos veículos quebrou o eixo e o incidente foi registrado em um vídeo. O fato aconteceu próximo a um dos terminais de Uberlândia e o ônibus ficou sem as duas rodas traseiras, o que ocasionou um tombamento parcial do carro. Uma estudante concedeu entrevista e contou sobre a situação vivenciada por ela diariamente.

Conforme relatado, durante o horário de pico é quase impossível conseguir um lugar no transporte coletivo. Então, na maioria das vezes ela precisa realizar o trajeto caminhando. Além disso, ela contou que os veículos estão tão lotados que  a sensação é de que as pessoas não desembarcam.

Além disso, leia mais sobre: Prefeitura de Uberlândia anuncia segunda edição da Feira de Oportunidades de Emprego

“É muito ônibus antigo, parece que está despedaçando. A gente anda e o veículo fica quicando, parece que estamos em um liquidificador. Está assim desde 2019, quando comecei a usar o transporte público, e nunca mudou. Parece que não tem manutenção, é difícil”, disse a estudante.

Outras reclamações sobre o serviço

Em outra situação, o usuário reclama sobre a falta de acessibilidade nos veículos. De acordo com ele, realizou uma cirurgia na medula há 10 anos e se desloca em uma cadeira de rodas. No entanto, ele explica que andar no transporte coletivo de Uberlândia é praticamente uma missão impossível.

O cadeirante citou uma situação constrangedora que ele presenciou. O usuário contou que o ônibus parou em uma estação e desligou. No entanto, o elevador só funciona com o motor ligado e ele ficou preso dentro do veículo esperando ajuda por aproximadamente 20 minutos.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Dois homens são presos por envolvimento em homicídios e roubos em Mata de São João, na Bahia

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.