Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Cardano: criptomoeda supervalorizada, mas que não vale a pena

Ao longo do ano de 2021, a Cardano foi uma das moedas digitais que mais se valorizou, alcançando o total de 1000%. Porém, isso ainda não é o suficiente. O Jornal Prime vai te contar nesta quinta-feira (18), porque não vale a pena o investimento.

Cardano

No mundo das análises financeiras, nem sempre os números que estão sendo vistos na tela, indicam um rendimento positivo. Principalmente quando se trata de criptomoedas. Esse é o caso da Cardano.

A moeda digital foi criada em 2017, e está hoje, entre as maiores do mercado. Porém, de acordo com especialistas, é uma criptomoeda que não vale a pena o investimento. Para entender melhor, continue lendo.

Valorização superestimada

A Cardano já apresenta uma valorização de mais de 4000% e está presente em diversas carteiras de investimentos em criptomoedas. Mas segundo o analista Vinícius Bazam, está longe de ser uma moeda de valor competitivo com o mercado.

Um movimento de baixa das criptomoedas pode estar em andamento

Em contrapartida, a Ethereum, é a segunda moeda mais comercializada no mundo. Muito comparada com a Cardano, ela consegue entregar, ao contrário da rival. Por ter um preço mais competitivo, a Ethereum tem um bom valor de mercado, e mesmo quando se desvaloriza, ainda entrega resultados.

Com pouca entrega e muitas promessas de altas em seu valor comercial, a Cardano, acumulou um total de 1000% ao longo deste ano. Mas seu custo alcançou com todo esse aumento, o total de US$ 2,10. E é por isso que grande parte dos analistas em investimentos com criptos, não recomendam a compra nessa moeda.

Por que não se deve comprar a Cardano?

A Cardano é uma criptomoeda e também uma blockchain. Isso significa que ela também opera como rede. Esse projeto da moeda digital, sempre teve a ciência por trás, e isso atrai investidores da comunidade, e pessoas que se interessam pela área.

Cardano
Créditos da imagem: Pixabay

Ela é considerada uma moeda engajada e existem muitos cientistas e engenheiros por trás de todo o seu desenvolvimento. Contudo, desde o começo, as intenções de crescimento da moeda era integrar funcionalidades, incluindo pagamentos, contratos, leitura e execução.

Porém, todos esses protocolos ainda estão em fase de implementação. O que torna o processo lento. Os contratos inteligentes, por exemplo, é uma das maiores preocupações. Esses atrasos, acabam gerando críticas das próprias corretoras e também dos analistas e especialistas.

Manter o rigor científico por traz de todas essas fases da Cardano, acaba por proporcionar atrasos. Além disso, os avanços vão ficando cada vez mais defasados.

Criptomoedas: Ripple venderá Bitcoins e outras moedas

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.