Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Criptomoedas despencam! O novo “crash”?

Hoje dia (19) sexta-feira, vamos conferir um pouco da correção das criptomoedas até o dia de ontem. Então o Jornal Prime traz os detalhes para te manter sempre muito bem informado.

Confira as criptomoedas que estava em queda na quinta-feira, (18). O bitcoin e o ethereum, as duas maiores moedas digitais do mercado, estão em correção desde o início da semana. Como consequência, parte do mercado de criptomoedas também começou a despencar. 

Criptomoedas despencam! Saiba mais sobre o novo "crash"
Créditos de imagem unsplash

A queda pode estar relacionada à política dos Estados Unidos. Uma lei aprovada há pouco tempo no país, que visa arrecadar impostos para a infraestrutura, exige que negociações de criptomoedas acima de US$ 10 mil sejam notificadas. Além disso, uma brecha na lei pode prejudicar diversos mineradores de bitcoin, que podem ter que deixar de realizar o processo no país. 

Impactos das notícias nas criptomoedas

O projeto de lei dos Estados Unidos prevê uma arrecadação de US$ 1 trilhão para a infraestrutura do país, construção de estradas, portos e etc. Dessa quantia, US$ 500 bilhões devem vir da nova taxação estipulada a criptoativos.  

Bitcoin: Grande carteira de Bitcoin repte o movimento

Além disso, os mineradores e desenvolvedores de carteiras digitais poderiam ser confundidos com corretoras, e dessa forma, taxados. Isso porque a definição de “brokers”, ou corretoras, na lei é vaga e abre brechas para a interpretação. Portanto, essa notícia pode ter gerado um grande impacto no valor recente das moedas digitais.

Crash das moedas

O bitcoin, que havia atingido sua máxima de US$ 69 mil na semana anterior, sofreu uma queda no início desta semana, sua cotação passou para US$ 60 mil. Nesse sentido, no dia (18), a moeda caiu mais uma vez e vale cerca de US$ 59 mil. 

A ethereum, segunda maior moeda digital do mercado, também sofreu com quedas parecidas. A moeda, assim como o bitcoin, havia atingido sua máxima histórica de US$ 4,8 mil. No entanto, após a baixa generalizada, está cotada em menos de US$ 4,2 mil, e outras criptomoedas ainda seguem em correção.

Criptomoedas despencam! Saiba mais sobre o novo "crash"
Créditos de imagem unsplash

Investidores e entusiastas do mercado se perguntam se estamos diante de outro crash das criptomoedas. Esse fenômeno aconteceu no semestre passado, em que as moedas digitais despencaram mais de 50%, em um curto período de tempo. No entanto, segundo especialistas, nada indica que o acontecido se repetirá neste final de ano.  

A nova atualização do bitcoin, o Taproot, e o aumento de usuários e recursos na rede da moeda digital demonstram que a atual queda deve ser apenas temporária. Essa variação nos preços do bitcoin e outras criptomoedas é algo esperado no mercado. Isso acontece porque esse tipo de ativo possui uma alta volatilidade.

 Dessa forma, está sujeito a grandes oscilações em um período de tempo curto. Isso inclui tanto as altas quanto as quedas da moeda, que acontecem todos os dias.

Bitcoin: Grande carteira de Bitcoin repte o movimento

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.