Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

Bitcoin sem chão? A moeda pode cair ainda mais!

Depois que o Bitcoin atingiu a sua máxima, cerca de US$ 69 mil, o que parecia ser o início de um caminho para os US$ 100 mil, surpreendeu a muitos. Confira tudo sobre a criptomoeda mais valiosa nesta sexta-feira, (19) de novembro, no Jornal Prime.

As expectativas em relação ao preço do Bitcoin estavam otimistas demais, porém o mercado decidiu ir por outro rumo. Mas após tanto otimismo, a realidade é que o BTC iniciou uma grande queda. E qual é a melhor decisão no momento? Bem, a seguir nós tratamos disso com mais detalhes!

Bitcoin sem chão? A moeda pode cair ainda mais
Créditos de imagem pexels

O que impactou o Bitcoin? 

Sem dúvida, esta deve ser uma das principais perguntas na cabeça de inúmeros investidores, afinal tudo parecia muito bem. A verdade é que não se sabe especificamente o que aconteceu, mas muitos apontam para o pronunciamento de Joe Biden. 

O presidente dos EUA tornou pública a decisão de taxar corretoras e minerados de Bitcoin. Os traders ligados diretamente à rede terão o mesmo tratamento que as corretoras. Além disso, para negociações que ultrapassem o valor de US$ 10 mil, será necessário emitir uma declaração. 

 

Outro fator pode estar do outro lado do mundo, mais especificamente na China. Depois que o país proibiu a moeda, ele não parou de buscar meios de confrontar o Bitcoin. Contudo, este mês um novo pronunciamento chamou a atenção, Meng Wei, a porta-voz da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, disse que a mineração de criptomoedas “consome muita energia” e “produz muitas emissões de carbono”.

Assim, a mineração vai contra o projeto da China de diminuição das taxas de carbono. Alguns meses atrás este foi o mesmo motivo que fez Elon Musk retroceder em relação à Tesla aceitar bitcoins. Desse modo, por mais que não haja nada específico para se atribuir à queda, inúmeros eventos isolados estão afetando o preço do BTC. 

Bitcoin sem chão? A moeda pode cair ainda mais
Créditos de imagem pexels

O estado das outras moedas do mercado

Como dissemos antes, o preço do Bitcoin pode ser muito influente e decisivo no mercado de criptomoedas. A prova disso é o fato de 70 entre as 100 moedas mais populares estarem em queda. Então não há muito para onde correr nesse momento, com exceção de um lado. 

As criptomoedas relacionadas ao metaverso, que se destacaram recentemente, seguem em uma tendência de alta. No momento da escrita, enquanto o Bitcoin acumula queda de cerca de 13% na semana, a Ethereum soma 16%. Por outro lado, a MANA (Decentraland) tem uma alta semanal de quase 32%, enquanto a SAND (The SandBox) está chegando aos 80% em 7 dias. 

Um motivo para a valorização seria o anúncio sobre a data de lançamento do Metaverso. Assim, muitas pessoas já estão se preparando para aproveitar um possível “boom” que pode chegar após o lançamento. Outra criptomoeda que está se destacando é a CRO (Crypto.com Coin), que acumula cerca de 50% de alta na semana.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.