Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Biogás na Bahia: CAE aprova empréstimo de 60 milhões de euros

A operação tem recursos que vem direto de um financiamento parcial

Salvador, 03 de agosto, de julho por David para o site Jornal Prime – Nesta quarta-feira (03) a Comissão de Assuntos Econômicos, sediada no Senado Federal, divulgou que foi aprovado um empréstimo de 60 milhões de euros para a Empresa Baiana de Águas e Saneamento, a Embasa. A intenção é usar o orçamento para financiar um investimento no uso energético de biogás na Bahia. A matéria deve seguir para o Plenário.

A operação tem recursos que vem direto de um financiamento que ocorre de forma parcial e faz parte do Programa de Saneamento com uso energético de Biogás no Tratamento de Esgotos da Região Metropolitana da capital baiana, Salvador. Assim, os valores vão ser entregues pouco a pouco até o ano de 2027. A maior parcela será paga no ano de 2026, quando o fundo desembolsará 26 milhões de euros.

Veja também: Prefeito diz que critérios sociais serão avaliados sobre circuito do Carnaval em Salvador

“O empréstimo é exatamente para uma questão tão importante pra saúde pública, pra qualidade de vida que é o saneamento ainda mais na região metropolitana de Salvador”, comentou o senador Jaques Wagner (PT-BA).

Além disso, leia mais sobre: Prefeitura de Uberlândia anuncia segunda edição da Feira de Oportunidades de Emprego

Obras estaduais em andamento

No início do mês de julho, aconteceu um evento na sede das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), na cidade de Salvador. Durante o evento o governador do estado, Rui Costa, aproveitou para assinar um novo contrato de investimento para a realização de obras sociais na instituição. O investimento previsto passa dos R$ 197,6 milhões por ano.

Além disso, entre as principais áreas que devem receber o dinheiro estão os serviços ambulatoriais e hospitalares, com 727 novos leitos previstos para a Central Estadual de Regulação. Os leitos contemplam diversas áreas da saúde, também devem ser entregues leitos de UTI para adultos e crianças.

“Conseguimos encontrar os caminhos para viabilizar um aumento bastante razoável do contrato com as Obras Irmã Dulce. Além disso, buscamos, por exemplo, um equilíbrio entre receita e despesa dessa instituição. Sabemos que é extremamente importante para auxiliar a rede estadual de saúde de assistência hospitalar da nossa cidade. Além dessa ampliação do valor do contrato, o Governo do Estado se comprometeu em realizar as ampliações físicas necessárias. Por fim, a intenção é aumentar a oferta de serviços de alta complexidade aqui no hospital”, disse Rui.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.