Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Câmara de Uberlândia arquiva CPI da Saúde

A recomendação foi da procuradoria da Câmara

Uberaba, 26 de julho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Recentemente foi instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde em Uberlândia. A mesma era para investigar as irregularidades na empresa que gerencia a saúde pública do município.

A reunião para decisão do arquivamento da CPI da Saúde em Uberlândia, aconteceu nesta segunda-feira (25). Quatro membros da comissão esteve presente e três deles votaram a favor do arquivamento, após uma recomendação da procuradoria da Câmara Municipal.

Além disso, leia também Aa matéria: Mulher procura a polícia após receber 22 multas de trânsito; veja

Detalhes do arquivamento da CPI em Uberlândia

Após a Procuradoria da Câmara de Uberlândia analisar os documentos da CPI da Saúde, determinaram que o objetivo principal não estava claro. Em nota, relataram que a CPI aberta não atendia os requisitos solicitados. Além disso, um dos vereadores integrantes da comissão reforçou a nota da procuradoria e afirmou que não cumpriram com as exigências estabelecidas em lei.

Além disso, o parlamentar afirmou que a oposição redigiu mal o documento e não zelou pelo bom trabalho. De acordo com ele, o arquivamento se deu por esse fato, inclusive revelou que faltaram detalhes e não cumpriram com as exigências necessária para a abertura de uma CPI.

Contudo, confira também a matéria disponível: Homem é preso por assediar idosa em ônibus de Jataí

“Outra questão importante é que não se pode enxergar uma CPI como auditoria. Ela não pode partir do nada para tentar descobrir algo. E foi assim que aconteceu. O pedido assim foi feito. CPI tem que partir de um fato determinado e, a partir daí, ser investigado. E isso não foi feito. O pedido é contraditório. Até parece que veio um pedaço de um e outro do outro”, afirmou o parlamentar.

Autor da CPI fala sobre arquivamento

De acordo com o vereador autor do pedido de abertura da Comissão, a Procuradoria da Câmara agiu de forma parcial. Ele afirma que o arquivamento aconteceu ilegalmente, pois após a publicação no Diário Oficial, não poderão proceder com o arquivamento da mesma. Além disso, o parlamentar revela que estão brincando com a lei. Então, o autor informa que eles irão para a justiça, buscando resolver a situação. Além disso, ele ressalta que tem certeza das irregularidades apresentadas na gestão da saúde de Uberlândia.

Por fim, leia também a matéria disponível no site do Jornal Prime: 7 anos da morte do cantor: pai de Cristiano Araújo quer lançar álbum póstumo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.