Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Farmácias de Uberlândia registram falta de medicamentos e consumidores reclamam

As farmácias da cidade estão com dificuldades na aquisição de antibióticos e anti-inflamatórios

Uberaba, 01 de julho, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – As farmácias de Uberlândia apontaram um problema recorrente nos últimos dias e este foi queixa de muitos consumidores. As drogarias registraram a dificuldade na compra de alguns medicamentos, entre eles antibióticos e anti-inflamatórios.

Com a chegada do inverno, a falta destes remédios gerou uma preocupação na cidade de Uberlândia, pois este é um período mais propícios para doenças virais. Em entrevista, um dos responsáveis do setor de compras de uma rede de farmácias, falou sobre o assunto.

Então veja também: Inflação de junho na região metropolitana de Salvador é a mais alta do país

Segundo Marco Túlio Martins Cardoso, que o registro de desabastecimento destes medicamentos acontecem desde o início do ano. Este período teve um pico nos números de casos positivos para a Covid-19 e consequentemente um aumento no consumo de antibióticos e anti-inflamatórios.
Comprador de uma rede de farmácias comentam situação da falta de medicamentos em Uberlândia
Conforme relato de Marco Túlio a maior ausência nas drogarias é do antibiótico, mas ele afirma que este medicamento registra falta em todo território nacional. No entanto, nas farmácias de Uberlândia, o estoque do remédio representa 30% em relação ao ano de 2021.

Além disso, leia mais sobre: Jovem é morto a tiros dentro de estabelecimento em Feira de Santana na Bahia
“O consumo aumenta muito nessa época do ano, mas o problema é geral. O que eu mais ouço no momento das compras é sobre a falta de matéria prima e insumos. Todos os tipos de medicamentos estão em falta, mas o antibiótico é o principal. No nosso caso, nós conseguimos montar um estoque para bastante tempo, porque não há expectativa de regularização”, afirmou.
Farmacêutico fala sobre falta de medicamentos
Um farmacêutico do município também falou sobre o assunto envolvendo a falta de medicamentos. De acordo com o relato dele, Uberlândia recebe vários moradores de outras cidades da região, que buscam por antibióticos e anti-inflamatórios. Ele revela que isso é um indício da falta desses remédios em outras localidades.

O farmacêutico, Ulices Dias, contou que o maior problema está relacionado com os antibióticos direcionados para o público infantil. Além disso, ele relata uma falta de estoque para os xaropes. De acordo com Ulices, é necessário ficar de olho nas distribuidoras, pois quando surge a remessa dos medicamentos, logo acabam.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Comissão da Câmara de Uberlândia discute sobre regularização de assentamento

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.