Publisher is the useful and powerful WordPress Newspaper , Magazine and Blog theme with great attention to details, incredible features...

[diario_shortcode template=”card_img” colunas=”4″ s=”internofolha” numero_de_parceiros=”4″ mono_post=”sim” colunas=”4″ top=”4″]

Moradores de Congonhas protestam na ALMG

A audiência era sobre a ampliação da Mina Casa de Pedra

Uberaba, 24 de agosto, por Aniele Lacerda, Jornal Prime – Líderes de algumas comunidades de Congonhas estiveram presentes em uma audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Então, o principal tema abordado era relacionado com a ampliação da Mina Casa de Pedra, localizada no município.

A expansão da mineradora de Congonhas já teve autorização emitida pelos órgãos públicos da área. Porém, a ideia não agrada os moradores da região, que protestaram na audiência da ALMG. A expectativa é um aumento de 5 milhões de toneladas na produção de minério de ferro. No entanto, a maior preocupação da população é com o ar poluído, que já apresenta péssimas condições.

Então, veja também: Operação resgata dois homens em situação de trabalho escravo em Feira de Santana

Preocupações da população de Congonhas

Além da poluição do ar, a população registra a preocupação com a qualidade da água. Em 2021, os órgãos responsáveis pela questão ambiental autorizaram o uso do recurso pela mineração. Então, um dos representes da comunidade de Congonhas questionou a situação do município.

“Há possibilidade de o município se tornar inviável para a vida humana, com a falta de água e a severa poluição do ar?”, indagou.

Além disso, leia mais sobre: Mulher é asfixiada por ex-marido em Vitória da Conquista, na Bahia

A parlamentar que convocou a audiência relembrou a situação envolvendo um possível rompimento da barragem. Na ocasião, devido o risco envolvendo a comunidade, as autoridades decretaram que duas unidades escolares encerrassem as atividades. Dessa forma, remanejaram os alunos para outro local.

Em outra ação da justiça, o promotor solicita que os moradores deixassem suas residências. De acordo com ele, o socorro não chegaria em tempo hábil se ocorrer algum acidente envolvendo a mineração.

Sobre a redução da poluição

Ainda na audiência da ALMG, os representantes dos órgãos públicos relataram que estão tomando todas as medidas para a redução da poluição do ar. No entanto, a deputada que presidiu a reunião afirmou que não entende a autorização da expansão.

Em resposta a crítica da parlamentar, a secretária de Meio Ambiente informou que a situação está controlada. Além disso, ações para a redução da poluição estão em prática. Então, uma das medidas é os caminhões trafegarem com as lonas fechadas, o que diminuiria a presença de poeira no ar.

Já o secretário municipal de Congonhas acredita que podem resolver a situação. Porém, ele cita que é necessário uma parceria entre a população e outros órgãos, para que tudo fique bem. “Com a parceria de todos – prefeitura, empresas e comunidade –, vamos conseguir alcançar resultados”, afirmou.

Portanto, não deixe de ler também sobre: Bairro de Salvador ganha nova praça e quadra poliesportiva

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.